Quem sou eu

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Ser humano

Ser humano ...

Humano

O Décrito de Deus amarela

em gavetas arquivadas dentro da alma ...

Liberdade

Fechado pelas trancas de amargura ...

Alegria

Selado por grades de decepção ...

Vida

Protegido por um campo minado de feridas...

Caminho

Encarcerado pelas múltiplas desilusões ...

Verdade

Ser humano ...

Jesus.

By Fran

terça-feira, 22 de junho de 2010

Sensações

Sensações

Às vezes, acreditamos que o passado é o cenário perfeito para representarmos nosso eu presente. Crescemos e nos expandimos na medida exata que sentimos e vivemos, e então, nossos membros se tornam tão grandes a ponto de não mais caber onde gostaríamos de estar. Os fantasmas não assustam mais e os heróis são obsoletos. A chuva dança com a lua na mais bela harmonia, e ainda assim, ouvimos a canção da explosão no início do mundo. Nossas referências se diferem, apesar de usarmos a mesma fantasia. Estamos no mesmo mundo, só que em dimensões diferentes. A quarta parede se rompe numa avalanche de conflitos. Só nos resta enxergar o que está além deste oceano de nuvens e dissipá-las para vislumbrar o renascimento atemporal em Cristo.

By Fran

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Sonho Real

Sonho Real

Vazio existencial

Zero absoluto

Anestesias...

Engulo o mundo,

O medo me devora.

Na escuridão que sinto,

Vejo fantasmas,

Busco heróis.

Holografias que se

Externam de mim.

Agarro-os,

Eles se dissolvem...

Caio no sono profundo

Do além de mim...

De repente,

Seus lábios me tocam

E, aspiro Teu Fôlego Sagrado

Introjetando meu ser

Onde Teu Sopro vibrante

Gera a Palavra,

O Verbo,

Criação.

...E faça-se o “eu”!

By Fran

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Dicotomia

-Dicotomia-

A árvore do conhecimento do bem e do mal

Navego em cavernas pela minha mente

E o que vejo são sombras

De meus antepassados

Que atravessaram gerações

Em escolhas binárias!

Revejo

Repenso

Refaço...

Fora da caverna

Há Luz.

Opto pela Verdade e

Transcrevo minha história,

Selo com a Cruz

E abaixo assino

Simplesmente Jesus.

By Fran

terça-feira, 8 de junho de 2010

Terceiro Céu

Terceiro céu

Além, muito além do alcance de nossos olhos e de nossa restrita razão. Tão próximo de inexistir e tão longe do infinito...

Onde as nuvens do medo não ousam assombrar e tão pouco o amargor das lágrimas o inunda. Talvez seja puro demais, insensato perante a “realidade”. Vivo, intenso e tão abstrato.

Inexplicável, inatingível mundo. Habitat dos sonhos, contos, realidades exuberantes, sons poéticos, inspirações...fonte da água viva que brota aos pés da Santidade.

Mais belo que a lua, mais claro que o sol, tão forte que chega a ser frágil , místico “ser” natural. Em sua face, vemos em parte, mas só atrás dele a Verdade se descortina para nós.

Mero devaneio para insensatos que fazem questão de se despir da fantasia forjada pelo Espírito e tingida no Sangue para viver uma fantasia descentralizada da vontade de Deus.

By Fran

V

Conjunto verdade

V = { ..., religião, ... }

Religião

Relicário onde, por amostra, mede-se a densidade de Deus

Verdade

By Fran

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Certo jadineiro

Reflorecimento espiritual

Reflorescimento espiritual

Minha alma, um canteiro

A Igreja, um jardim...

O vento do Espírito sopra

As sementes da Vida

Que polinizam mentes

E fazem brotar

As flores mais exóticas

Que exalam seu Perfume inebriante.

Sua presença passa como um tufão

E interage com a excentricidade

Despolui o rescrito

Resgata a “Sobrenatureza”

E restitui o Éden em nós.

By Fran

Olhar Real

Paixão de Cristo



Jesus, o estatístico

Jesus – o Estatístico

Sendo eu, amostra de Deus,

Quem poderá inferir?

Na curva da vida

Sou ponto discrepante

Com grau de confiabilidade

Que não passa de 5%...

Só Jesus altera minha função

Habilita meu domínio

E transcreve minha imagem.

Da curva, me faz reta

Paralela a Ele

Que por definição

Tende, no infinito, à cruz,

Para com Ele me encontrar.

By Fran

Jesus, a música em mim

Jesus: a música em mim

No início...era silêncio...

E o mover de Deus cria outra harmonia

E o Verbo, cria a melodia

E, em graça,

O Espírito dá o tom.

Assim,

O ciclo da vida interage

E dança

Gira

Expande

Num espiral de sensações.

A borboleta bate asas

A onda se levanta

E banha a areia.

O botão se abre em flor

E o pássaro furta-cor

No bico, traz o amor...

Então, a semente na terra cai

E faz no peito brotar

Uma árvore para frutificar

E sinto, em mim, a música florescer

E danço, danço...

Onde cada átomo do meu corpo

Harmoniza-se com o sem-fim das estrelas.

E me interiorizo em semente

Espírito, música e flor...

Onde o ciclo recomeça

Em Verdade renasce o amor

E como numa orquestra harmoniosa

O Todo se faz um só

Do átimo de pó ao eon

Jesus recria a música em mim.

By Fran

Inteligência espiritual

Inteligência espiritual

Na cruz cartesiana

A Verdade se traduz

E colide com o âmago do ser

Transformando a alma.

Alterando

Assim

A rota dos pensamentos

E o ciclo das emoções.

Estabiliza o movimento

Infere o momento

Transformação...

Reforma

Deforma

Altera a resilência

Da concepção ideológica

E se refaz

Numa integração infinita

Alinhando seu centro de gravidade

Ao ponto de origem,

Que é a perfeita e agradável

Vontade de Deus.

By Fran

Fusão elementar

Fusão elementar

A Força Motriz interage

Com os elementos terrenos

E trabalha.

O potencial disforme

Em sinergia constante

Reage em si mesmo

Dualmente

Do pó ao eon

O Todo se faz elementar

Aglomera

Se funde

E expande

Até tornar-se

Cinéticamente

Ser vivente

Alma.

Amálgama

De uma gestação química

Onde o Espírito fecunda a terra...

E aqui estamos nós,

Protagonizando apenas

Mais uma história de Amor!

By Fran

Fotografia Sagrada

Fotografia Sagrada

Teu retrato, na minha mente,

É como uma imagem que pausa o tempo

E a Tua voz é a trilha sonora

Desse eterno momento

Onde ondas de freqüências alternantes

Fazem uma releitura de mim mesmo.

Te olhar é contemplar a perfeição

E Te consagrar numa moldura dourada

Um altar de adoração.

A fragrância do Teu perfume

Inebria a minha alma e

Provoca uma avalanche nas minhas emoções.

Congela meu querer e refresca minha existência

Alterando a rota dos meus pensamentos...


By Fran

Fotografia Sagrada

Fotografia Sagrada

Teu retrato, na minha mente,

É como uma imagem que pausa o tempo

E a Tua voz é a trilha sonora

Desse eterno momento

Onde ondas de freqüências alternantes

Fazem uma releitura de mim mesmo.

Te olhar é contemplar a perfeição

E Te consagrar numa moldura dourada

Um altar de adoração.

A fragrância do Teu perfume

Inebria a minha alma e

Provoca uma avalanche nas minhas emoções.

Congela meu querer e refresca minha existência

Alterando a rota dos meus pensamentos...

By Fran

Fonte da Vida

FONTE DA VIDA

Inesgotável,

Perpétua e

Transplantatória...

Águas que emanam dos pés da Santidade

Num borbulhar excêntrico.

Vida gerando vida.

Transmigração quântica,

Atemporal e intrínseca.

Realidade que transcende a inércia,

Transmuta o espaço,

Numa infusão espectral,

modulando a complexidade do “ser”.

Alteração na coessência

das vertentes dimensões do viver!

By Fran

Mágica da visão

Fogueira de vaidades

Fogueira de vaidades

Eu...

Um precipitado de vivências e ilusões

Sensações,

Pensamentos,

Vaidade.

Os referenciais são espelhos,

Voláteis,

Onde por vezes

Sou objeto,

E em outras,

Imagem.

Eco e Narciso.

Cíclico como o vento

Descontínuo como a vida,

Morro...

Para em Amor,

Ardentemente,

Renascer!

By Fran

Fluxograma espiritual


Fluxograma Espiritual

Revelação,

Ação.

Milagres,

Fluxo...

O Caos organizado!

O início é o Todo

Onde a Verdade se traduz em partes

E, descortina-se imutável

Em escolhas binárias.

Recriação cíclica

Engrenagem de idéias

Que se “inter-agem”

E convergem ao centro

Concêntrico

Ao Início que é o todo

Um diagrama de fractais.

By Fran

Escalada íngrime

Escalada íngreme

Ápice...

No culminar do monte

Revelo

Integra e exuberante.

Quebrantamento!

Descortino-me perante a glória de Deus.

Num banho plasmático,

Seus íons invadem

Cada molécula do meu ser

E numa transmutação progressiva

A emissão de fótons

Muda a quântica do meu querer

Em cada reação.

Incandesço,

Brilhando o resplandecer de Deus.

By Fran

Empuxo vital

Empuxo vital

Coexistência.

Mundos binários

que se intercalam,

e produzem a informação.

Interno / Externo

Construção da realidade.

Implosão / Explosão

Interação.

Geratriz da resilência.

Amplia a razão,

Consciência.

Altera a densidade,

Consistência.

Transcende a forma,

Transformatação.

By Fran

Ditame geometral

Ditame Geometral

Meu corpo,

Um templo sagrado.

Minha alma,

Um discreto jardim...

Florescente

a cada ciclo primaveril

ditado pelo Espírito,

que,

numa figuração conexa,

é impresso em mim,

para em flor,

expressar Amor!

By Fran

Curtas

Curtas

VERDADE

VER

DAqui

DE dentro

Medo...

Rédea que engessa a alma

Para domar fantasmas.

CORAGEM

Ser tão

Sertão

Em cor agem

Coragem

Liberta a ação

Libertação

Do Medo...

Em VERDADE!

By Fran

Cores ao vento

Cores ao vento


Numa dança de cores e ritmos

O arco-íris se estende no céu

Refratando a aliança do nosso amor

Na freqüência de cada cor.

Onde o branco da Tua paz

Retém o negro da Tua ausência.

No ventre, o vermelho gera vida

E no ar, o azul oxida.

Na mente

A freqüência exata

De Seu colorido

Tange cada molécula

Ionizando as vertentes do querer

Que numa avalanche de emoções

Rompe as barreiras do ser

E, em água, Jesus se faz presente

Para, em nós, chover!!!

By Fran

Beijo igneo

Beijo ígneo

Na areia do deserto existencial

Sigo Teus passos

Carregando nas mãos

O arco-íris da nossa Aliança.

No céu,o sol escaldante é minha única fonte

Onde Teus raios penetram minha pele nua

Despida do passado

Bronzeando-a uniformemente.

Em meu olhar

Carrego a luz da Tua presença

Brilhante como a tocha do fogo!

Livres e soltos, meus cabelos balançam

Na brisa do Teu hálito

Que beija meus lábios

E mata a minha sede.

Assim caminho na Tua direção

Sempre me perdendo para Te encontrar.

By Fran

Apenas uma declaração de amor

Apenas uma declaração de amor

Você,

Que do barco à deriva faz porto seguro

Meu amor, meu príncipe,

Que num único beijo

Me desperta do sono profundo

E me tira do vale das desilusões.

Teus olhos são como chamas de fogo

Que aquecem a minha alma

Nos frios invernos existenciais.

Teu hálito é como pólen ao vento

Faz florescer o jardim da minha vida.

Tuas mãos macias de ternura

Guiam-me pelo caminho da vitória

Para que eu vença a mim mesmo.

Teus braços me envolvem e me sustentam

Assim como o infinito abraça a órbita da Terra.

Teu abraço me faz delirar

Apaga tudo ao meu redor

E naquele ínfimo momento

Só há Você e eu

Ao som do canto dos pássaros.

Dançar com Você

É levitar até o sem fim das estrelas.

Tua palavra é como um sussurro

Que penetra a minha alma e cura as feridas.

Teu Amor é inexplicável,

Louco,

Alucinante,

Inebriante

Indecifrável

Indefinível...

Quebra vidraças,

Rompe grades,

Derruba barreiras,

E invade meu ser

Num ápice de emoções.

A Tua presença

Entra por todos os orifícios da minha cabeça

E me faz renascer.

Faz com que cada molécula do meu corpo

Dance no ritmo da Tua luz.

Onde Você chega,

Tudo se faz Vida,

E assim me sinto menos pó, menos só.

Agradeço a Deus por Tua existência.

Jesus eu te amo.

By Fran

Licença Creative Commons
A obra Im{agem} de D{eus} de Francismara Guimarães Duarte foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada